Publicado por: Ana | Outubro 13, 2006

Fica a vê-lo partir por entre a porta entreaberta ( ou será entrefechada?), dirige-lhe um último olhar, retribuído mesmo no fim das escadas e selado com um beijo à distância.

Fecha a porta e olha para o quarto, a cama revolta que ainda cheira à entrega intensa vivida apenas minutos antes.
O silêncio é total.
Aos poucos, apanha as peças de roupa espanhadas pela casa que ele, ávido, lhe tirou assim que chegou. Sorri cansada, dorida da paixão vivenciada e deita-se naqueles lençóis ainda quentes.

A cama parece-lhe grande, agora que está vazia.
Aninha-se no cheiro e nas recordações e adormece entre um sorriso e uma lágrima.


Responses

  1. Momentos que nos aquecem a alma…!

    Gostei de ler, Ana

  2. Tive um deja vu a ler este post =)


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: