Publicado por: Ana | Julho 12, 2006

Sou a brisa que sopra, fresca, às primeiras horas da manhã envolvendo a tua pele e arrepiando-te.
Sou o sol que te aquece o rosto,luminoso, astro rei de calor que te toca sem saberes.
Sou o mar em que mergulhas todos os dias quando te refrescas.
Sou luz vento e água, sonhos emoções e pensamentos, lágrimas e sorrisos…
Sou tu…

Responses

  1. Bonito poema Ana.
    Mar, luz, vento, água, sonho, sorrisos são os condimentos que dão cor a uma vida.
    Beijo

  2. 🙂 Primeiro, Ana, fiquei surpreendido com esta escrita! Realmente é um grande azar não seres minha vizinha porque te retribuíria com belos sons de bateria que muito te agradariam certamente…talvez até conseguisse arranjar um guitarrista – e eu sei que algures existe um que não saiba apenas tocar trash metal (eu é que não o conheço)- só para te agradecer este escrito tão bonito, tão repleto de azul do mar! Estou disposto a resolver este problema,deixas-me o teu endereço que eu vou tocar para a tua porta e assim evitas esse sentimento misto de inveja e ciúme que certamente nada trará de bom á vida dos meus vizinhos… um beijo grande! 🙂

  3. Ah ah ah, Tino, não te incomodes, a sério!
    E olha que gosto bastante de bateria, não sei é se os meus vizinhos partilham da mesma opinião! 😉

  4. Este poema está fantástico, tal como todo o blog. Parabéns!
    Boa noite!

  5. CONVENCIDA! HAHAHA! Brinco!
    E por falar em brincadeiras; se quiseres brincar, inventar, criar, podes sempre ir ao blogue Enigma (www.oenigmablogspot.com) e escrever um post. O blogue é de todos!
    Bjs

  6. Lindo, adorei tambem essa foto de pele arrepiada.

  7. Uma composição completa e brilhante dos sentidos e dos elementos. A tranquilidade dos sentimentos. Beijos

  8. http://vagueandoporti.blogspot.com/

    Com olhar te seduzo
    Com sorrisos te conquisto
    Na ternura te provoco
    Nos beijos te embriago
    Olhar… Sorriso… Magia…
    Nos gestos te atraio
    Nos carinhos te prendo
    Na sedução te enlouqueço
    E em teus braços me entrego
    No calor dos desejos me aqueço
    Me inebrio em seu perfume
    E me perco em você

  9. Obrigada, Afonso*

    Parece-me uma excelente ideia, João… logo mais vou cuscar. :_)

    Não é minha, a foto, al cardoso.. usei-a porque também gostei muito dela.

    Beijos, anamoris

    Muito bom esse poema, wk13 🙂

  10. Ana;
    És para quem te visita “uma brisa” fresca, mas aveludada, que envolve os nossos corações; os corações que amam, sem subterfúgios, amam porque simplesmente amam tudo que seja belo. O belo paira em ti, ainda bem que te encontrei, para te poder admirar.
    Abraça a felicidade e que mantenha o teu coração a palpitar, para poderes continuar assim amar.
    Deste teu novo amigo e admirador.
    ZezinhoMota

  11. como sempre, lindo…

  12. “Sou o mar em que mergulhas todos os dias quando te refrescas.”

    Está simplesmente refrescante e sedutor.
    Beijos

  13. zezinho, também gosto muito do teu cantinho 🙂

    Obrigada, boleia*

    A ideia era essa, Marco 😉

  14. Adorei o texto…

  15. Belo! Poético! Sensual!…
    Adorei este texto!…

    Um beijo meu…


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: