Publicado por: Ana | Junho 5, 2006

Feira de horários

No sábado fui à Feira do Livro de Lisboa.
Hábito antigo de quem gosta de subir e descer o Parque a folhear livros novos, a trazer memórias ao passar nas mãos livros que já não vê há anos e até despertar para livros esquecidos lá no fundo de nós.
Sábado à noite, acompanhada com amigos mas sozinha por entre pensamentos e memórias, ziguezagueei pela multidão até quase à meia noite, hora do fecho.
Quinze minutos antes, os vendedores começaram a retirar dos expositores da frente os livros, lançando olhares de solaio a quem os tentava ainda folhear. Um ou outro já começavam a fingir não ouvir uma pergunta.
Meia noite em ponto. 90% dos pavilhões encontravam-se já encerrados, depois de eu ter visto pessoas que, em vão, ainda queriam comprar algum livro e a quem era respondido não ser possível por a caixa já estar fechada.
As pessoas iam abandonando o recinto com um ar levemente confuso.
Há qualquer coisa nesta Feira que deve ser mudada para os próximos anos…

Responses

  1. de facto…
    os vendedores para começar!

  2. Depois queixam-se,boleia…

  3. É Portugal no seu melhor… O desinteresse total.
    Não vamos longe não!!!

  4. Por Favor Me Ajude Nessa Campanha: “Queremos melhoras no servidor !” entre no blog e participe ! http://virtualrockstar.blogspot.com/hoa

  5. Realmente… primeiro dizem que as pessoas não querem ler, depois quando as pessoas querem ler, fecham a caixa… estranho! 🙂


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: