Publicado por: Ana | Outubro 16, 2005

Pequeno-almoço. Dois pequenos-almoços.
Uma noite partilhada, intimidades vividas, cumplicidades que não precisam de palavras para serem sentidas.
Olhos que sorriem enquanto partilham a refeição. Saber que muitas outras refeições serão partilhadas dali em diante.
Mãos nas mãos, alturas houve em que a comida esperaria para se consumirem no acto de se amarem.
Não há pressa, agora. Apenas o desejo que, sabem, têm todo o tempo do mundo para saciar.
Comem demoradamente, saciando o apetite que a noite apaixonada lhes criou.
Beijam-se entre um golo de sumo de laranja e um pedaço de torrada.
Respiram o ar quente da manhã, felizes pelo sol que lhes aquece a pele, por estarem juntos, por se terem descoberto.
E saem para a rua de mão dada, rumo a uma vida comum.

Responses

  1. Ana,
    A publicidade (na toalha amarela) à Residencial AP está um pouco deslocada. Para mais, falta o local, núemro de telefone e preço da dormida…Lol
    Bjs

  2. Lindo!

  3. ( e importas-te de corrigir o link do meu bló? ainda por aí tens o nº 1, e eu já vou no ‘3’… 🙂

  4. E vão ser felizes. Muito. 🙂

  5. snail, gostei da fotoe tive preguiça de a trabalhar. Nem sei onde aquilo fica.
    Vês como tb sei escrever coisas optimistas? 🙂

    Carlos, já a alterei o link 🙂

    Claro que vão, Ângela. A vantagm das estórias e darmos-lhes os finais que queremos 😉

  6. Claro que sabes escrever coisas optimistas. E, sobretudo, coisas bonitas.
    Bjs


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: