Publicado por: Ana | Agosto 3, 2005

Light darkness

A escuridão aumenta, mais e mais.
Afundo-me num mundo sem luz e fecho os olhos porque não quero ver o que me rodeia.
Ao longe, uma réstea de claridade, persistente, teima levar-me a um mundo de cores e sensações que recuso tapando o rosto com as mãos.
Chega!
Quero penetrar nesta escuridão que me envolve, sentir o frio tomar conta de mim, ficar sozinha, deixar que congele tudo o que vai cá dentro e não tem como se soltar. Assim não há mágoa, não há dor, não há vida.
But…who cares, anyway?


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: