Publicado por: Ana | Maio 31, 2005

… porque o que me percorre é como a água calma de um lago, protegido no regaço de sólidas rochas como se de um envolvente abraço se tratasse…

…abraço fechado em mim numa força que não magoa, mas sim aquece o corpo e a dor…

…dor que se vai, devagar, esvaindo-se em beijos, carícias e desejos a dois numa entrega completa corpo a corpo, suada de forma tão boa…


… corpo tranquilo depois do fogo sentido, mãos unidas, dedos entrelaçados até à alma, um só ser formado de dois pedaços distintos que se olham nos olhos…

…olhos azuis que dão a tranquilidade do lago quando penetram fundo nos meus, castanhos de madeira escura, numa simbiose de cores, sentidos e sentimentos…

… arco íris de emoções.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: