Publicado por: Ana | Maio 17, 2005

Mano a Mano III

Nasceu o António, mano.
Hoje, dia dezassete, quando faz precisamente quatro meses que partiste, minutos antes da hora em que a Morte te venceu, nasceu o teu terceiro filho. Aquele que nunca irás conhecer.
É lindo, o teu menino. Gorducho, não pára quieto! .

Um segredo, só nosso: ele tem os teus olhos. Lembras-te de toda a gente te chamar chinês, quando eras pequenito? Pois é… ele tem os olhos rasgados como os teus.
Vi um brilho nos olhos da tua mulher como não via há muito. A Mummy também está feliz, apesar de ter chorado.
Chorámos todos, aliás. Nunca tinha vivido um dia de sentimentos tão contraditórios.
Mas acho que agora, finalmente, podemos virar mais uma página e seguir os nossos caminhos. Sinto-me cansada, a ansiedade de todos estes meses até poder ver que o pequenino estava bem finalmente acabou.
Tu também podes descansar, agora. Eles ficam bem. Todos vamos fazer para que isso aconteça.
Um beijo, querido. Continuo com muitas saudades E muitos parabéns. Serás sempre Pai.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: