Publicado por: Ana | Setembro 14, 2004



Onde vais?

Eu estou à tua espera, presa numa vida sem sentido. A minha vida.

Deixa-me olhar-te nos olhos e mergulhar nessa calma transparente que só tu me dás.

Vem cá, não fujas!

É só um bocadinho…

Não vens?

Então fico aqui, à espera. Sozinha.

À minha espera.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: