Publicado por: Ana | Junho 18, 2004

Relatividades

Não há nada mais errado do que darmos como certas situações rotineiras. Aquilo que hoje nos parece como um dado adquirido amanhã pode ser um facto impossível, porque há coisas que nos ultrapassam e transcendem. Não dependem da nossa vontade, por muito que as desejemos ver continuadas.

É nestas alturas que paramos para pensar _ tarde, sempre tarde demais_ quão importantes são os pequenos detalhes que constroem o nosso dia a dia de forma estável, agradável. A vida, feita de pequenas rotinas, torna-se regular e sem sobressaltos ou, pelo menos, com alguma base de sustentação para os imprevistos que pautam todas as existências.

Mas quando, de repente, nos retiram um desses pequenos pilares, toda a estrutura abana.

Muitas vezes, só aí nos apercebemos da importância destes pequenos elos de ligação. Temos necessariamente que partir para uma nova construção de vida, com novos tijolos de material desconhecido.

Melhores? Piores? Não sei. Apenas e seguramente, diferentes.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: